Joao Guilherme Carvalho

Joao Guilherme Carvalho


John Textor

29 Janeiro 2024 - 11:03 - Atualizar: 29 Janeiro 2024 - 11:12

Flamengo e Botafogo, uma rivalidade que atravessa gerações e que seus torcedores não permitem que vermelho e preto se misture com preto e branco e vice e versa.

Leia mais:
AS CAMISAS MAIS BONITAS DA HISTÓRIA DO BOTAFOGO


Grandes finais, grandes craques, passagens épicas como os dois 6x0. O fim da fila do Fogão em cima do Mengão, o título brasileiro do Fla em cima do Bota e por aí vai...

Sempre foram adversários, rivais. Mas nunca estiveram juntos, fechados, a rivalidade não permite. Até que surgiu a era TEXTOR.

A torcida do Botafogo ficou revoltada com a atitude do dono da SAF alvinegra ter ido ao jogo do Flamengo em Orlando, ter assistido ao lado do presidente do Flamengo e ter declarado que iria torcer para o Brasil. Ou seja, para o Flamengo.

Isso caiu como uma bomba e na verdade é um grande choque cultural. Textor tem carinho e apreço pelo Botafogo, mas ele não é daqu. Ele vê o Flamengo de de forma diferente dos botafoguenses de alma e coração. Na visão do americano o Flamengo é um grande parceiro de negócios, tem a maior torcida do Brasil, tem o maior faturamento, é uma potência financeira.

Textor avalia que é bom ter um bom relacionamento com o presidente Rodolfo Landim e eles tem, inclusive, ideias em comum e uma visão de mercado parecida.

Não se iluda, botafoguense: John Textor é gestor e não torcedor. Para ele, o futebol é negócio, lucro e por isso ele jamais vai se afastar do Flamengo. Pelo contrário, vai se aproximar e estreitar laços para presentes e futuras possibilidades.

Textor leu e conhece a história do Botafogo, mas não nasceu nela. Por isso ele causa um choque num público acostumado a dirigente se comportar como torcedor. Essa época já passou. Agora é SAF que é empresa, precisa ter lucro e ter o Flamengo ao lado é a possibilidade de grandes negócios no Brasil. Textor não é bobo. O torcedor que se acostume. Não tem jeito. Novos tempos.

COMENTÁRIOS

  • 1 Comente
  • Ivar Luiz Dos Santos "Pai das 3Marias "
    1 mês antes
    Bom dia João Guilherme. Expressar OPINIÃO ABALIZADA levar verdades inquestionáveis ao grande Público, só Jornalista cuja retidão impar profissionalismo na essência , coragem , jamais se curva a poderosos ou a inverdades. Este És tu João Guilherme, obrigado de coração. Em tempo: Avaí Futebol Clube, paixão eternizada em nossos corações. Avaí 100 anos de História. Atual gestão da incompetência nos tem feito sofrer as maiores humilhações DERROTAS INECEITAVEIS , cai para serie B , por pouco, muito pouco escapamos serie C, e não por meritos próprios" mas sim porque adversarios jogaram venceram. Grupo maquiavélico propicio alterações Estatutárias, apartir desta medíocre gestão: POLPUDOS SALÁRIOS ao presidente vice e "PARAQUEDISTAS " arrogantes e péssimos diretores. Importantíssimo: Desde que o incompetente presidência assumiu , em discurso direcionava projeto de entregar Clube aos amiguinhos de uma determinada SAF. Atual Gestão e o grupo que mencionei encaminharam ao CD Conselho Deliberativo pauta reunião: Formar comissão para estudo saf . Fica evidenciado o plano de entrega do nosso Clube Avaí, aos AGIOTAS NO FUTEBOL BRASILEIRO.